A Região

Sobre a Região

 

O território de Amontada fazia parte das terras dos índios Tremembé e o povoamento remonta aos primórdios do século XVII, quando os jesuítas e os padres da ordem de São Pedro davam os passos iniciais em prol da catequese dos Tremembé.

Na época da implantação da pecuária no Ceará (início do século XVIII), os portugueses tinham esta localidade como um local de repouso para os vaqueiros que vinham da serra de Uruburetama, nas margens do rio Aracatiaçu.

topônimo vem do tupi-guarani. Sua denominação original era São Bento da Amontada, depois São Bento da Ribeira do Aracatiaçu, São Bento e, desde 1963, Amontada.

O clima da região é o tropical quente semiárido com pluviometria média de 1000 mm com chuvas concentradas de janeiro a maio.

O município tem dez distritos: Amontada (sede), Aracatiara, Garças, Icaraí, Lagoa Grande, Moitas, Mosquito, Nascente, Poço Comprido e Sabiaguaba.

As três principais praias são Icaraizinho, Moitas e Caetanos.

 

 

 

Icaraí de Amontada (Icaraizinho)

A praia de Icaraí de Amontada, com suas belas enseadas desérticas, onde se formam piscinas naturais na maré baixa, até há pouco tempo era desconhecida do público de outros Estados. Foram os ventos fortes que levaram à tranquila vila de pescadores os praticantes de kite e wind-surf, na maioria estrangeiros e, com eles, um certo movimento de turistas.

Icaraizinho, como a praia é chamada pelos cearenses, é um destino para quem quer fugir do movimento e se desligar do mundo por alguns dias.

No distrito de Icaraizinho temos também a Lagoa das Flecheiras, com seu lindo visual, água doce e límpida, uma excelente opção para relaxar e dar aquele mergulho.

Moitas

A Praia de Moitas está localizada a 6 km da Vila de Icaraizinho Um cenário incrível formado por dunas nas margens do rio, mangues, um mar calmo de águas cristalinas perfeitas para um bom mergulho e um Pôr do Sol maravilhoso.

Moitas é um vilarejo de pescadores e agricultores, ideal para quem procura tranquilidade e contato direto com a natureza.

Alguns dos seus atrativos turísticos são a Ilha das Ostras e o túnel navegável pelo mangue vermelho no Rio Aracatiaçu.

Caetanos

A praia tem o nome de Caetanos de Cima porque, dizem os moradores, o primeiro a chegar a esse paraíso foi um escravo chamado Caetano dos Santos, que teria fugido e se escondido por lá.

A praia é tão bonita que dá mesmo vontade de fugir para lá. Quem se aventura tem a chance de viver como um morador desse lugar.

É um típico vilarejo de pescadores, onde se pode comer um  peixe recém pescado na barraca do Seu Bento e também fazer um passeio de buggy ou 4×4 pelas dunas nos chamados lençóis caetanenses que, após o período das chuvas, ficam com diversas lagoas temporárias de água doce e limpíssima.